Blefaroplastia – Cirurgia das pálpebras

Aquela aparência de cansaço, olhar baixo e envelhecido pode ser resolvido com a blefaroplastia. Essa cirurgia é realizada para o tratamento da dermatocálase e/ou das bolsas de gordura palpebral, com o intuito de melhorar a aparência da região periocular do paciente, devolvendo um aspecto mais “jovem”.

Quais as indicações da blefaroplastia?

Essa cirurgia plástica pode ser a solução para pacientes com mais de 30 anos que têm excesso e/ou flacidez de pele nas pálpebras (tanto superior, quanto inferior), ou apresentam bolsas de gordura na pálpebra inferior e ainda para quem tem ptose (queda da pálpebra por causas musculares) ou pseudoptose palpebral (queda da pálpebra em função do excesso de pele). É uma cirurgia que também pode ser realizada para remoção de xantelasmas (pequenas bolinhas de colesterol que se formam, principalmente, nas pálpebras), além de rugas na pálpebra inferior.

Onde fica a cicatriz?

A blefaroplastia deixa uma cicatriz discreta, pois fica localizada exatamente na dobra da pálpebra superior (porção que fica escondida quando o olho está aberto) e bem embaixo dos cílios inferiores, no caso da pálpebra de baixo ou ainda dentro da conjuntiva (parte de dentro dos olhos).